Fone: (41)99620-6720 | E-mail: contato@audiconsul.com.br | Chat online |

Plataforma Sage

Blog

Gestão Financeira Para Escritórios de Advocacia: Como Fazer ou Terceirizar

Quer ver seu negócio crescer e se destacar no mercado? Então foque também nas finanças. Veja como fazer gestão financeira para escritórios de advocacia.

Gestão Financeira Para Escritórios de Advocacia: Como Fazer ou Terceirizar

Quer ver seu negócio crescer e se destacar no mercado? Então foque também nas finanças. Veja como fazer gestão financeira para escritórios de advocacia.
Sem dúvida, todo advogado gostaria de ver seu escritório tornar-se referência no mercado, mas muitos pecam justamente na gestão das finanças.
Pode parecer estranho que profissionais que possuem tanta facilidade com operacionalização de departamento financeiro tenham dificuldades em manter as finanças saudáveis.
No entanto, isso acontece com mais frequência do que se imagina.
Se você chegou até aqui é porque, certamente, está passando por esse problema. Então, não precisa se preocupar, pois a seguir te passarei dicas de gestão financeira para escritórios de advocacia e também falarei sobre a possibilidade de terceirizar o serviço.

O Que é Gestão Financeira?

O primeiro passo para aprender mais sobre gestão financeira para escritórios de advocacia é entender seu conceito.
Posso dizer que a gestão financeira é um conjunto de práticas adotadas por empreendimentos e que vem garantir sua permanência no mercado.
Isso porque seria impossível qualquer negócio se sustentar em meio à concorrência sem o total controle das suas finanças.
Sendo assim, a gestão financeira para escritórios de advocacia e advogados permite uma visão ampla e detalhada da situação do negócio.
Falando de forma mais simplificada, o que você deve entender é que um negócio com suas contas em dia e as finanças saudáveis, pode pensar em estratégias mais agressivas no mercado, o que lhe permite prospectar mais clientes e assumir destaque.
Por outro lado, caso o escritório perceba que sua situação financeira esteja abaixo do adequado, poderá se resguardar criando estratégias mais leves e com menos gastos.
Em suma, é através da boa gestão das finanças que seu empreendimento vai crescer e se manter firme no mercado.

Dicas Simples de Gestão Financeira Para Escritórios de Advocacia

Se você mesmo pretende cuidar disso, deve aprender sobre gestão financeira para escritórios de advocacia. Veja algumas dicas:

1.Separe as Finanças do Negócio das Finanças Pessoais

Uma das primeiras coisas que devemos repensar é o ato de misturar as contas pessoais com as do empreendimento, algo que pode ser extremamente perigoso.
Quando o advogado usa as finanças pessoais como meio de arcar com as despesas do escritório ou o contrário, geralmente acaba acumulando dívidas muitas vezes astronômicas.
Sendo assim, faças as contas separadamente. Uma pessoa física e outra jurídica.
Além disso, é necessário estabelecer um pró-labore entre todos os sócios, com intuito de evitar retiradas de valores do caixa do escritório de advocacia.

2.Distinga Pagamentos de Recebimentos

Em se tratando gerir as finanças outra ação importante é fazer a distinção de pagamento e recebimento, e o melhor caminho é conhecer bem todas as despesas e fontes da receita do negócio.
Saiba que muitos advogados começam a perder o controle financeiro das suas empresas justamente por não saber quais gastos são necessários para que se mantenham.
Assim sendo, uma prática eficaz é realizar uma separação de tudo o que recebeu daquilo que gastou. Inclusive, os futuros, através de projeções.
O resultado disso é uma visão bem ampla da realidade do empreendimento, o que permite uma tomada de decisões assertiva.

3.Controle o Fluxo de Caixa

O fluxo de caixa é uma das ferramentas mais importantes e eficazes dentro da gestão financeira. Por isso, deve ser considerada na gestão financeira para escritórios de advocacia.
Isso porque é ele que permite ao advogado conhecer entradas e saídas de capital do caixa, também aquelas que vão acontecer no futuro.
Desse modo, essa ferramenta é ideal quando queremos ter maior controle do quanto o escritório precisa se manter saudável financeiramente.
Decerto, uma gestão financeira para escritórios de advocacia que seja realmente eficiente e dê bons resultados não é algo tão simples de fazer.
Além, de exigir tempo e paciência, é necessário que o responsável tenha o conhecimento necessário.
Portanto, muitas vezes vale a pena pensar em terceirizar o serviço. Vejamos se vale a pena.

Terceirizar a Gestão Financeira Para Escritórios de Advocacia – Quais as Vantagens?

Com toda a certeza, o acúmulo de tarefas pode ser um tiro pela culatra. Você pode até conseguir bons resultados na gestão financeira, mas pode deixar a deseja em outras áreas importantes.
Sendo assim, seria interessante optar por terceirização de alguns serviços pelo bem da empresa.
Mas será que no caso da gestão financeira para escritórios de advocacia vale a pena?
Separei uma lista com as principais tarefas que precisam ser realizadas;
- Emissão de documentos fiscais;
- Relatório sobre as finanças;
- Realização de análises dos indicadores de desempenhos;
- Processos com conciliação bancária;
- Auditorias administrativas e também financeiras;
- Fechamento de caixa;
- Gestão de recebíveis;
Agora confira a economia de terceirizar a gestão financeira para escritórios de advocacia:
- Você terá a emissão de vários relatórios, em tempo real e ainda de notas fiscais e boletos;
- Terá também a apuração automática de impostos do Simples Nacional;
- Conciliação bancária automática;
- Captura eletrônica de notas fiscais eletrônicas – NF –e;
- Por fim, economizará com a elaboração de balancetes e balanços automáticos;
Se você precisa, mas nunca considerou contratar uma empresa que faça gestão financeira para escritórios de advocacia, eu posso te ajudar a tomar sua decisão.

25 de Julho de 2020