Fone: (41)99620-6720 | E-mail: contato@audiconsul.com.br | Chat online |

Plataforma Sage

Blog

Passos essenciais para a abertura de uma microempresa em Curitiba

Você conhece os passos essenciais para a abertura de uma microempresa em Curitiba? Está tentando estruturar o seu negócio, mas não sabe as particularidades de formalização aplicadas na cidade?

Passos essenciais para a abertura de uma microempresa em Curitiba

Você conhece os passos essenciais para a abertura de uma microempresa em Curitiba? Está tentando estruturar o seu negócio, mas não sabe as particularidades de formalização aplicadas na cidade?

Nesse artigo falaremos a respeito dos 7 principais passos para a abertura de uma microempresa na capital paranaense, além dos pontos de atenção que todo empreendedor deve ter antes de iniciar as operações do seu negócio.

Confira nossas dicas!

Passos essenciais para a abertura de uma microempresa em Curitiba: 7 pontos principais

Os passos essenciais para a abertura de uma microempresa em Curitiba descritos nesse artigo são do ponto de vista burocrático, sem levar em consideração questões como a necessidade de ter um plano de negócios por exemplo.

É importante ressaltar que cada cidade e estado tem suas próprias exigências para a abertura de empresas e que as regras e ordem de ação necessárias pode variar de acordo com a localidade.

De modo que falaremos especificamente a respeito da capital do Paraná. Confira:

1. Consulta de viabilidade do local

O primeiro passo é a consulta de viabilidade do local que serve para identificar se a prefeitura libera o tipo de atividade que você deseja exercer naquele endereço.

Esse é um ponto muito importante, já que a partir daqui é que o empreendedor passa a ter conhecimento das demais licenças que serão exigidas para a formalização do seu negócio.

Para a realização da consulta o empresário precisará dos seguintes dados:

- Endereço do imóvel
- Número da Indicação Fiscal de acordo com o carnê de IPTU
- Área do imóvel em metros quadrados
- Código CNAE das atividades a serem exercidas.

2. Consulta do nome

O próximo passo é a consulta de nome a fim de confirmar se no estado do Paraná não existe outra empresa com mesma nomenclatura.

Esse ponto também é necessário para confirmar se a prefeitura liberou o nome da empresa para utilização.

É muito importante estar atento a essa verificação prévia, pois assim o empreendedor evita gastos desnecessários com materiais de marketing e personalização do imóvel antes de ter certeza se pode ou não utilizar aquele nome.

A consulta é realizada na Junta Comercial do estado do Paraná (Jucepar).

3. Contrato social

O contrato social é o equivalente a certidão de nascimento da empresa e nele deve conter todas as informações relevantes, como o nome, endereço, sócios e tipo societário.

Nesse ponto o auxílio de um profissional especializado é necessário, pois é importante identificar o tipo certo de documento a ser redigido.

4. Licenças e certificados

Alguns empreendimento necessitam de licenças específicas para iniciarem suas atividades, como por exemplo a Licença Sanitária ou Ambiental, Vistoria do Corpo de Bombeiros ou Autorização Ambiental.

A informação de quais licenças e certificados serão exigidas é disponibilizada ao empreendedor no momento em que o mesmo solicita a análise de viabilidade do local.

5. Alvará e CNPJ

Diferente de outras localidades, em Curitiba o CNPJ e o Alvará são feitos e liberados juntos, em função do cadastro sincronizado entre a prefeitura e a Receita Federal.

É importante ressaltar também que a solicitação de tal documentação somente é possível após a liberação da consulta prévia e do ato constitutivo.

6. Inscrição Estadual

Para empresas que precisam contribuir com o ICMS e para as prestadoras de serviços no ramo de transportes é exigida ainda a Inscrição Estadual.

O pedido pode ser feito pela internet e o número já é liberado imediatamente após o cadastro, sendo necessário apenas o comparecimento posterior do empreendedor a Receita Federal para confirmação das informações prestadas.

7. Registro do conselho de classe

Algumas empresas precisarão ainda do registro no conselho de classe antes de começarem a exercer as atividades, como é o caso dos contadores, advogados, engenheiros, etc.




Passos essenciais para a abertura de uma microempresa em Curitiba: conclusão

Agora que você já conhece os passos essenciais para a abertura de  uma microempresa em Curitiba é importante lembrar que o desenvolvimento de um Plano de Negócios estruturado que contenha um planejamento financeiro e de marketing é essencial para o sucesso do empreendimento.

Entender não apenas da parte burocrática, mas de todas as frentes do negócio é o que diferencia os empreendedores de sucesso.


E então, gostou do nosso artigo sobre os passos essenciais para a abertura de uma microempresa em Curitiba? Não quer se preocupar com a parte burocrática? Entre em contato conosco e descubra como podemos ajudar!

 

22 de Fevereiro de 2019