Fone: (41)99620-6720 | E-mail: contato@audiconsul.com.br | Chat online |

Plataforma Sage

Blog

5 Dicas de Controle de Estoque de Restaurantes e Lanchonetes para evitar o desperdício

A maior parte dos custos operacionais do seu restaurante sempre será, sem dúvida, trabalho. No entanto, como o custo da mão-de-obra costuma ser razoavelmente constante, há pouco que você possa fazer para controlá-lo. Porém, a segunda maior despesa é o custo do seu estoque, e se você realizar de forma adequada o controle de estoque para restaurantes, você conseguirá evitar desperdícios, reduzir seus custos e aumentar a lucratividade do seu negócio.

5 Dicas de Controle de Estoque de Restaurantes e Lanchonetes para evitar o desperdício

            A maior parte dos custos operacionais do seu restaurante sempre será, sem dúvida, trabalho. No entanto, como o custo da mão-de-obra costuma ser razoavelmente constante, há pouco que você possa fazer para controlá-lo. Porém, a segunda maior despesa é o custo do seu estoque, e se você realizar de forma adequada o controle de estoque para restaurantes, você conseguirá evitar desperdícios, reduzir seus custos e aumentar a lucratividade do seu negócio.
            Sendo assim, preparamos uma série de dicas para que você consiga fazer o controle de estoque do seu restaurante e evitar desperdícios. Vamos conferir?

Invista em tecnologia

            Atualmente, a tecnologia é responsável por facilitar os processos, não é mesmo? E isso não é diferente quando falamos em controle de estoque para restaurantes, já que existem uma infinidade de softwares capazes de auxiliar qualquer gestor a evitar desperdícios e assim garantir um lucro cada vez maior.
            Esses tipos de sistemas automatizam o controle de estoques e facilitam a realização do inventário, e por isso, são considerados essenciais para todos os estabelecimentos que levam a sério a consistência e a qualidade do que servem.

Consistência via padronização

            Independente se você utilizar números, itens ou medidas de peso para quantificar seus itens, essas medidas devem ser padronizadas de forma a garantir um melhor funcionamento.
            Outra forma de garantir essa padronização, é fazer com que os mesmos funcionários sejam sempre os responsáveis pelo inventário e pelo controle de estoque do seu restaurante. Esse processo tende a reduzir erros e se tornará cada vez mais eficiente na busca por evitar desperdícios.

Tenha dia e horário fixo para fazer o seu controle de estoque

            A frequência da realização do inventário será diferente para cada item devido à frequência com que são pedidos e ao tipo de item que está sendo inventariado. Os pedidos semanais feitos pela maioria dos restaurantes devem resultar em inventários e controle de estoque semanal. Isso garante que os itens necessários estejam sempre disponíveis. Da mesma forma, qualquer pedido diário deve ser inventariado diariamente.
            Tão importante quanto os itens anteriores, garantir que exista um cronograma para o inventário, e tão mais que isso, garantir que ele seja seguido a risca. Uma vez que você o deixe de fazer, estará possibilitando o aparecimento de irregularidades e números divergentes ou pelo menos, duvidosos quando se diz respeito ao controle de estoque.  Os melhores momentos para fazer o inventário são antes que o seu estabelecimento seja aberto e depois de fechá-lo diariamente.
Garanta que o inventário seja realizado por mais de uma pessoa
            Se você deseja que o seu processo de controle de estoque seja feito da melhor forma possível, garanta que mais de um funcionário seja responsável pelo inventário. Isso é importante, pois ao final do trabalho você poderá comparar números e assim evitar que erros ocorram.

Treine os seus funcionários para uma organização adequada do seu estoque.

            A maneira como os itens são organizados no almoxarifado é absolutamente essencial para o gerenciamento eficaz do inventário e controle de estoque preciso do restaurante. Todo membro da equipe deve ser treinado na organização diária do estoque de seu estabelecimento. A técnica PEPS – (Primeiro que entra, Primeiro que sai) ou FIFO – (First In, First Out) deve ser um componente vital da organização do estoque, uma vez que permite que o material antigo fique prontamente acessível na frente das prateleiras, e quaisquer itens expirados sejam removidos imediatamente.
            E aí, gostou do nosso artigo sobre 5 Dicas de Controle de Estoque de Restaurantes para evitar o desperdício? Então, clique aqui e leia também 5 dicas de finanças para bares e lanchonetes.

07 de Janeiro de 2020