Fone: (41)99620-6720 | E-mail: contato@audiconsul.com.br | Chat online |

Plataforma Sage

Blog

8 principais causas de mortalidade das empresas do ramo de alimentação

Muitas empresas iniciam suas atividades sem um bom planejamento, outras mesmo tendo começado estruturadas não conseguem se estabelecer no mercado. Mas quais as principais causas de mortalidade das empresas do ramo de alimentação?

8 principais causas de mortalidade das empresas do ramo de alimentação

Muitas empresas iniciam suas atividades sem um bom planejamento, outras mesmo tendo começado estruturadas não conseguem se estabelecer no mercado. Mas quais as principais causas de mortalidade das empresas do ramo de alimentação?

Quais atitudes podem ser evitadas para que seu negócio permaneça de pé e não seja mais uma estatística?

E afinal, quais são as principais causas de mortalidade das empresas do ramo de alimentação?

Segundo o SEBRAE - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, 6 em cada 10 empresas fecham as portas antes de completar 5 anos e de cada nova empresa aberta, 60% não sobreviverá até os dois anos de atividade.

Não existe uma causa única que leva um negócio a falência. Na realidade trata-se de uma série de fatores que combinados desestabilizam a empresa levando-a a fechar as portas.  

Se possui estas e outras dúvidas, acompanhe nosso artigo.

Confira as principais causas de mortalidade das empresas do ramo de alimentação

Pensando nisso elaboramos uma lista com as principais causas de mortalidade das empresas do ramo de alimentação. Confira:

1 - Entrar no mercado sem planejamento

Toda empresa precisa se planejar antes de ingressar no mercado. Um erro muito comum que muitos empresários cometem é o de apenas abrir as portas sem antes realizar um estudo aprofundado do local, concorrência e outros fatores.

Empresas no ramo alimentício por exemplo, precisam de locais onde possam armazenar os perecíveis, e ter espaço para a preparação dos alimentos e caso não haja uma boa análise de localização prévia, o negócio pode tornar-se inviável.

2 - Não ter cuidados sanitários adequados

Uma das principais causas de mortalidade das empresas do ramo de alimentação é a falta de atenção aos cuidados sanitários adequados.

Questões como armazenamento, validade dos perecíveis, higienização do local podem levar a multas dos órgãos competentes como a vigilância sanitária, ou ainda processos judiciais envolvendo clientes insatisfeitos.

Por isso, se você deseja que seu restaurante, panificadora, lanchonete ou empresas desse nicho não entre na taxa de falência, tenha muito cuidado e atenção com os cuidados sanitários.

3 - Falta de controle do fluxo de caixa

Não cuidar do fluxo de caixa é prejudicial para qualquer empresa, sobretudo para aquelas que precisam de um controle rigoroso e de preferência diário, pelo alto giro dos estoques, como é o caso das empresas do ramo alimentício.

Se você ainda não tem nenhum controle, clique aqui e baixe nossa planilha de fluxo de caixa diário.

4 - Falta de equipe qualificada

Quando avaliamos o que atrai clientes em negócios do ramo alimentício, podemos considerar fatores como paladar, locais limpos e arejados e bom atendimento.

Caso sua equipe não seja qualificada para agradar desde o atendimento até a preparação dos pratos, certamente perderá clientes para a concorrência.

5 - Falta de divulgação do negócio

Entre as principais causas de mortalidade das empresas do ramo de alimentação está a falta de divulgação do negócio.

Por tratar-se do ramo alimentício, sendo assim um serviço básico que todas as pessoas em algum momento consomem, alguns empresários cometem o erro de acreditar que não é necessária a divulgação e somente pelo fato de estar com as portas abertas já é suficiente para garantir lucro para o negócio, mas lembre-se: quem não é visto não é lembrado.

6 - Não dar atenção às sugestões de clientes

Toda empresa funciona principalmente por causa de seus clientes, e se o empresário não dá relevância às reclamações e sugestões, então não possui boas diretrizes para continuar operando seu negócio.

Uma simples mudança em algum prato no cardápio por exemplo, pode fazer com que boa parte de seus clientes perceba mudanças na maneira como veem seu negócio.

7 - Não inovar ou não acompanhar as tendências do mercado

Outro ponto que pode ser considerado como uma das causas de mortalidade das empresas do ramo de alimentação é a falta de inovação.

Permanecer sempre com o mesmo layout e cardápio pode fazer com que ambientes mais atraentes saiam na frente. Por isso, é importante manter a qualidade, mas ao mesmo tempo investir para que seu negócio esteja sempre acompanhando o público alvo a que se destina. E isso nos leva ao próximo ponto.

8 - Não estar atento ao público-alvo

Se você realizou pesquisa de localização, então identificou seu público-alvo antes de abrir o negócio, certo?

Oferecer produtos que não estejam de acordo com as expectativas de seus clientes ou que estejam deslocados  diante da localização onde sua empresa se encontra pode além de te trazer custos sem retorno, afastar clientes que vão buscar no seu concorrente aquilo que não encontram em seu estabelecimento.

Quais ferramentas podem te auxiliar nesse processo

 

Algumas ferramentas podem ser utilizadas no intuito de tornar mais simples a gestão e evitar que seu negócio venha a falir.

Agora que já conhece as principais causas de mortalidade das empresas do ramo de alimentação, procure profissionais capacitados para te prestar o devido auxílio e faça a aquisição de softwares de gestão integrada que não apenas te auxiliarão no controle do fluxo de caixa como em todos os setores do seu estabelecimento.

Precisa da assessoria de profissionais capacitados? Entre em contato conosco, será um prazer lhe ajudar a garantir o sucesso do seu negócio.

21 de Março de 2018